Como tirar Visto de Turismo Canadense no VAC – Centro de Solicitação de Visto

Oi pessoal, tudo bem?

Sempre tive vontade de conhecer o Canadá, mas sempre que eu pensava em uma viagem para América do Norte, ele saia na desvantagem ou pelos preços das passagens ou quando eu ia para alguma cidade dos EUA que fizesse fronteira com o País eu não tinha visto para entrar. Simmmm, brasileiro precisa de visto para entrar no Canadá!!!

Mas em tempos de desvalorização da nossa moeda, com o dólar americano maior que o dólar canadense, resolvi correr atrás do visto Canadense. (vai que??!!!)

Dizem que o Canadá é bem parecido com o EUA, apesar das brincadeiras barristas entre eles, acho que é um destino que pode surpreender.

Então vamos lá, para o importa: Como tirar visto Canadense!!!

O Canadá, assim como os EUA, possui mais de um tipo de visto: estudantes, residentes, trabalho, etc. Nesse post vou contar a minha experiência para tirar o visto para Turista. Se você quiser mais informações quanto aos demais tipos de visto acesse o site da VFS.

image

A VFS que é uma empresa autorizada pelo Consulado do Canadá para recepcionar documentos e intermediar o processo de emissão de visto entre o solicitante e o consulado, através do VAC (Centro de Solicitação de Visto). Na verdade, no site do Canadá eles até incentivam você a utilizar os VAC que são três no Brasil:

 

image image image

Antes de começar o processo eu fui atrás de informações e vi que possuía formas diferentes para submeter a documentação para solicitação do visto:

  • Agendando uma data no Consulado Canadense para entregar a documentação necessária;
  • Fazendo o processo on line, enviando a documentação necessária pela web para o Consulado;
  • Ou utilizando o VAC para entregar a documentação (pessoalmente ou enviando a documentação por um transporte de sua escolha).

Em todas as opções a documentação solicitada é a mesma, o que difere são os valores gastos no processo. Minha opção foi fazer tudo no VAC de São Paulo, no final explico porque escolhi essa opção.

1º Passo: Reunir a documentação solicitada no checklist que foi disponibilizado pelo Governo Canadense.

2º Passo: Nesse checklist você vai verificar que além dos documentos pessoais, eles também solicitam o preenchimento de formulários. Então próximo passo preencher os formulários.

Formulário IMM 5257 – Esse formulário deve ser preenchido individualmente, nele você vai informar dados pessoais e profissionais. Quando você finalizar o preenchimento, deverá clicar no botão “VALIDATE” e ele irá gerar um código de barra. Após a validação é só imprimir e juntar com os demais documentos.

Formulário IMM5645 Esse formulário deverá ser preenchido apenas um por família, onde um integrante será considerado o Solicitante Principal, e os demais familiares terão suas informações inserida no mesmo formulário. Após a impressão você deve assinar nos campos solicitados.

No meu caso, eu e o marido preenchemos cada um o IMM5257 e o IMM5645 foi preenchido somente pelo marido que ficou como solicitante principal.

Formulário de Consentimento VAC – Se você optou pelo processo pelo VAC, você também deverá preencher esse formulário, é uma autorização para o serviço de “despachante” (eles não são despachantes, mas interagirão por você junto ao consulado).

3º Passo: Pagamento da Taxa de processamento de visto. O pagamento da taxa deverá ser efetuado em uma Agência HSBC, “na boca do caixa” em dinheiro.

Em julho o valor da taxa, para visto de Turismo foi R$ 250,00 por pessoa.

4º Passo: Agora é a hora de entregar os documentos. E como já mencionei acima possui três formas diferentes. Minha opção foi fazer tudo pelo VAC (VFS).

Fui até o VAC em São Paulo e não foi necessário agendar horário, ele funciona de segunda a sexta das 09h as 18h, para saber os dias em que eles estarão fechados (clica aqui)

O tramite todo não demorou 1h, na recepção eu informei que iriamos iniciar oi processo de solicitação de visto de Turismo e que precisaríamos tirar as fotos 3×5 (não precisa tirar lá, não tive tempo de ir atrás).

No VAC eles oferecem serviços de quiosque com internet, assistência para preenchimento de formulários, fotocópia, fotos (3×5), notificação vis SMS, etc…

Os serviços extras no VAC são pagos juntos com a Taxa de processamento, e podem ser pagos com cartão de crédito no local.

Entregamos a documentação e o passaporte, pagamos a taxa de processamento de visto R$ 79,94 e mais o valor das fotos R$ 11,35 para cada solicitante. Optamos pela entrega do passaporte em casa e pagamos mais uma taxa de R$ 26,65 por passaporte.

5º Passo: No final do processo é entregue o comprovante com um rastreador que você pode acompanhar no site o seu processo, e eles enviam e-mails com atualizações.

O passaporte foi entregue em 5 dias úteis.

Agora vou dizer porque eu escolhi a fazer tudo pelo VAC. Primeiro eu tentei solicitar o visto pelo consulado e economizar a taxa do VAC, mas os horários do consulado são bem restritos e não bateram com os nossos horários.

Segundo, eu fui pesquisar como fazer online e no começo não havia entendido como eu ia fazer depois para enviar o passaporte, só entendi no dia que estava submetendo minha documentação no VAC.

E terceiro ponto foi quando eu fui até o VAC para ter mais informações de como seria o processo por lá e me informaram que como eu tinha o visto americano e entrada no EUA com menos de 6 meses, eu não precisava levar aquele monte de documentação que comprovam renda e laços com o país. Achei isso uma vantagem, não que eu não tenha, mas nunca sei o que realmente eles vão querer.

E foram esses pontos que pesaram para minha escolha, achei que iria ser mais prático, apesar de ter que pagar uma taxa a mais.

Outras dicas:

  • Se o processo for feito on line ou direto no Consulado não é necessário pagar a Taxa de processamento de Visto (R$ 79,94);
  • Segue Link para solicitação de visto on line;
  • Se você não mora em local que não possui Consulado ou VAC você pode enviar a sua documentação para o VAC por um Serviço de entrega de sua preferência;
  • Entregue / envie somente cópias dos documentos, pois eles não devolverão os mesmos posteriormente;
  • Caso você faça seu processo pelo consulado, depois da análise dos documentos, você receberá um e-mail indicando para onde deverá encaminhar seu passaporte para receber o visto;
  • Dependendo do tipo de visto o Governo do Canadá poderá solicitar outros tipos de documentos e/ou exames médicos.
  • Todo o processo pode ser feito através de um Agente de Turismo, sem que seja necessária à sua presença nos locais (Consulado / VAC);

Eu achei o processo de solicitação do visto Canadense bem mais simples que o Americano, só demorei mais porque queria fazer pela forma mais em conta, o que no final, pela nossa correria do dia a dia, vi que não era a melhor opção.

Ah, o visto concedido é de turismo valido por 3 anos. Alegre

Bom pessoal, essa foi a minha experiência para tirar o visto Canadense no VAC.

E vocês fizeram de outra forma? Tem alguma dica a mais? Compartilha aqui.

4 comentários sobre “Como tirar Visto de Turismo Canadense no VAC – Centro de Solicitação de Visto

  1. Oi Nair!
    Dia 22/12 eu enviei por correio, para o VAC, toda minha documentação.
    DEsde então acompanho os tramites pelo traking number e vi que já postaram o passaporte de volta p minha casa hoje.
    Acontece que nunca me disseram se foi aprovado ou não.
    Mandei email pra VFS Global e ele disse q n pode passar essa informação pois é confidencial
    Sacanagem isso! Agora tenho que esperar até chegar na minha casa p/ ou ter q comprar passagem em cima da hora e perder promoçao… ou pior… abrir o envelope e finalmente ver q foi negado, bah…
    Contigo foi assim?
    O rastreamento só diz onde o passaporte tá, informação que é bom, nada…
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Debora, aconteceu o mesmo comigo entreguei a minha documentação para a VSF e eles pediram para aguardar também. Acredito que eles não possam dar as informações por serem só uma empresa autorizada pelo consulado Canadense para intermediar o recebimento e envio dos documentos e passaportes. Mas olha, meu processo foi super rápido desde a entrega da documentação até o retorno do passaporte levou uma semana e com visto concedido. Na época que eu pesquisei a respeito li que se tivesse algum problema o consulado chamaria para uma entrevista ou pediria mais documentações, então se já enviaram o seu rastreador acho que é uma boa notícia, não é?!!! Tô na torcida aqui. Bjos

      Curtir

      • Sim, já chegou, visto na mão e passagens compradas! Muito caras por sinal, se eu soubesse da resposta dois dias antes, teria economizado legal… Mas enfim, deu tudo certo hehe. E foi rápido, o que trancou foi natal e ano novo. Vi depoimentos de várias pessoas que aplicaram online antes de mime nada de resposta. Por esse lado, vale a pena fazer on paper. Obrigadão, beijos!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s