6 dicas para curtir Ilhabela/SP

Oi pessoal, tudo bem?

O estado de São Paulo tem muitos atrativos para os turistas, e se engana quem pensa que é só vida urbana. São Paulo tem um litoral incrível que merece ser encaixados no roteiro de viagem para o Estado. E Ilhabela é um desses destinos.

Ilhabela é um município do Litoral Norte de São Paulo. Ela dista 203 km do centro de São Paulo. Smiley decepcionado

Minha visita a Ilhabela foi em um feriado prolongados, para quem mora em São Paulo pode imaginar o trânsito que peguei  até chegar na cidade.

Primeira dica: Se você tem possibilidade de ir em período diferente de feriados prolongados, Aproveite!!! Caso contrário esteja preparado para passar umas horinhas na estrada.

Passamos três dias por lá, o tempo ficou fechado e tivemos algumas horas de chuva, o que prejudicou nossos passeios.

Segunda dica: consulte a previsão do tempo para não ficar ilhada em pousada/hotel.

Quando eu comentei que eu ia para Ilhabela, todo mundo falava para eu não esquecer de levar repelente porque a região tem muito borrachudos. Eu não levei muito a sério. Em um dos pedágios eles deram uma amostrinha de repelente, eu até ri e achei uma graça. Mas quando cheguei na praia, juro que por um momento eu achei que eu flutuei de tanto borrachudo que me atacou. Tive que sair correndo atrás de um vendedor ambulante para comprar um repelente.

Terceira dica: Leve repelente.

Tem um tempinho que fiz essa viagem, então esse post é mais para você ter uma idéia do que vai encontrar por lá através da minha experiência. Não vou informar valores porque com certeza teve alterações.

Como chegar: eu fui de carro, pela Rodovia Ayrton Senna da Silva e Rodovia dos Tamoios até chegar ao município de São Sebastião, onde você pegará uma Balsa até Ilhabela. A travessia com a Balsa é paga e você pode consultar os valores aqui.

Quando eu fui fiquei na fila da balsa na ida, na volta foi mais tranqüilo porque não voltei em horário de pico.

Onde Ficar: Fiquei hospedada na POUSADA ILHOTE DA PRAINHA. Minha escolha foi baseada nas proximidades das praias e pelos comentários dos hóspedes. A pousada era simples, com quartos bem espaçosos, éramos em três pessoas e ficamos em dois quartos separados, mas pelo que vimos daria tranqüilo para dividir um quarto.

O café da manhã era bem servido. A vista da área onde foi servido o café era muito bonita. O atendimento da equipe foi cortês.

POUSADA ILHOTE DA PRAINHA

A pousada possui uma boa infra estrutura: estacionamento, piscina, sala de jogos e a cozinha estava disponível caso você precisasse para serviços rápidos.

Passeios: Você tem muitas possibilidades de passeios desde os radicais para fazer trilhas no interior da ilha até Tour pela cidade para você fazer com crianças. No site da cidade você encontra opções com serviços credenciados.

Na pousada tem vários folhetos com propagandas de passeios e eles podem fechar para você. Nós não fechamos nenhum passeio e preferimos explorar as praias com o nosso carro mesmo.

Cidade: tem todas as características de cidade praiana. O centro da cidade é um charme a parte, possui lojas, restaurantes, uma praça central com um chafariz que as crianças ficam brincando, alias os adultos também, tem uma igrejinha e o “porto” onde os veleiros ficam “estacionados”.

ILHABELA (2)

ILHABELA (1)

Passeamos pelo centrinho nos dias que estivemos por lá, fizemos refeições e comprinhas.

Gostei muito do bar Borrachudo Sanduicheria e de tomar café no Free Port Café’s.

bar Borrachudo Sanduicheria

Ps: esse foi o segundo melhor camarão no alho e óleo que eu comi, o primeiro é o do meu sogro Smiley mostrando a língua

A pousada ficava um pouco afastada do centro da cidade, e como era feriado a cidade estava lotada, conseqüentemente pegamos um certo trânsito para ir e vir. Achei o caminho entre o centro e a pousada pouco iluminado.

Quarta dica: Procure uma pousada mais próxima ao centro da cidade, já que de dia você pode se locomover com o carro, e a noite pode ir andando para curtir o centro da cidade, sem se preocupar com estacionamento ou com o caminho de volta.

Praias: Visitamos as praias do Julião e Jabaquara, como eu falei o tempo não ajudou muito.

A praia do Julião é próxima a pousada, e como havíamos chegado tarde aproveitamos para ir nela e aproveitar melhor o tempo. Gostei da infra estrutura , tinham um bar/restaurante que disponibilizavam mesas com guarda sol. Pedimos somente bebidas.

A praia do Jabaquara era mais afastada. No dia que fomos havia chovido a manhã toda então a parte da estrada que era de barro estava com difícil acesso. Mas o visual da praia vale a pena a visita!!!

Chegando ao local verificamos que a estrada estava acima do nível do mar, ou seja, para chegar na praia você tinha que descer uma certa altura. Haviam duas opções para estacionar o carro: a primeira em um terreno no nível da estrada e a outra era em baixo no nível da praia, em ambas a opções era cobrada taxa para estacionar. Optamos por estacionar no estacionamento do nível da Praia.

No local possuía um único restaurante, e para você utilizar a infra estrutura dele a consumação mínima era de R$ 100,00. Achamos o valor muito alto, e decidimos ficar só na praia.

Vimos que estava chovendo na área mais alta da cidade e então resolvemos sair antes que a chuva chegasse a praia. Daí começou nosso perrengue, para sair do estacionamento tínhamos que atravessa um córrego que com a chuva havia enchido e não dava para o carro passar. Ficamos presos por lá por uns 40 minutos, com mais 05 carros. O volume de água deu uma baixada e resolvemos arriscar a travessia, tivemos uma das lâmpadas do farol queimada por conta disso.

Quinta dica: Caso você encontre essas condições na praia, deixe o carro no estacionamento de cima.

Sexta dica: Leve um lanchinho para essa praia e assim você não depende do Restaurante local.

Bom pessoal, como o tempo não ajudou não pude explorar mais a cidade, mas o visual das praias são incríveis. As praias são ótimas para quem está com criança, o mar é bem calmo e o centrinho também tem entretenimento para a família toda. Não é a toa que os grandes cruzeiros fazem paradas na cidade.

E vocês já foram a Ilhabela? O que vocês me indicam para a próxima vez?

 

2 comentários sobre “6 dicas para curtir Ilhabela/SP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s